De Ditadura em Ditadura

27 de fevereiro de 2009 at 3:35 pm 8 comentários

Autoritarismo continua, mesmo com a evolução dos tempos

ditadura
Por Flávia Ferreira

Desde o surgimento de nossa condição humana, vivemos inúmeras ditaduras, ocultas e escrachadas, onde limitamos nossa forma de vida aos ideais de um grupo de pessoas que se acham superiores. Foi assim na ditadura da Igreja, Nazismo, Comunismo, Fascismo, Ditadura Militar, Ditadura Democrática, Ditadura de pensamento, enfim são inúmeras. Em comum, elas tem o desejo por um povo igual, e o fetiche por um poder absoluto.

Mesmo após séculos de evolução, muitas revoltas e revoluções, as ditaduras permanecem seu reinado, mais mascaradas, na sociedade moderna. Uma postura que domina e oprime as manifestações que não seguissem seus padrões “evolutivos” e de pensamento. Isso desencadeia algumas atitudes condenáveis para os regimes atuais, para as leis de Direitos humanos, para a ONU, enfim, para os órgãos que pregam que todos são iguais e tem o mesmo direito a vida.

Poderia citar vários casos que mostram as ditaduras contemporâneas, governo, ONGs, Órgãos Públicos, pensamentos, mas todas elas só existem porque a sociedade Civil possibilita tamanhas atitudes. Sendo assim, vemos que apenas repetimos fatos históricos, os mesmos que criticamos e julgamos. Visto nos já “normais” casos de discriminação contra raças, assim como Hitler fez; contra pensamentos, igual a Ditadura Militar; além daqueles por opção sexual, o que a igreja não permite sobre o qual falarei. O jovem Lucas lima costa e silva,18, acredita que toda a forma de discriminação e algo deplorável.

Ditadura dos Sexos

“Se todos os cidadãos pagam devidamente seus impostos todos devem ter seus direitos assegurados. É lamentável que num século onde lutamos pelo fim Da discriminação com passeatas gays, eventos gays, todos em prol da luta contra a discriminação aos homossexuais e mesmo assim ainda vemos casos de violência contra homossexuais”, disse ele. Ele citou o caso do Ferrucio de Niterói que foi agredido por homofóbicos. “Não há lei contra a homofobia ou seja nos agridem por quereremos viver nossa orientação sexual e nada e feito”.

No entanto, não é só um caso que ronda o mundo da discriminação. Recentemente, na Croácia, uma família colocou sua filha, com 16 anos, internada em um hospício porque ela era Lésbica. Profissional, brasileiro, que se recusou a dublar voz de um homossexual do filme “Milk”, mesmo que este tenha recebido 8 indicações para o Oscar. Mulher que é expulsa de jogo da Microsoft só porque se descreveu como gay. “Eu já fui agredido por ser homossexual já fui desrespeitado, humilhado, deixei de ter um emprego por causa de minha sexualidade. Aonde e que vamos parar com tantas atrocidades?”, desabafa o jovem.

Outro ponto sobre o mesmo assunto

Outrora, Marcello Sá Barretto, 22, fundador do GDN – grupo diversidade Niterói. Acredita que os gays, se incluiu no meio, se deixam ser discriminados até por alguns atos. “Estive em 2006 na parada glbt (gays, Lésbicas, Bissexuais e Trans-sexuais) de São Paulo, e no fim da parada, vi gays transando no meio da rua”, conta ele. “Isso é um absurdo, eles não se dão ao respeito e não tem o direito de reclamar que somos taxados de promiscuo”, disse ele. Ele explicou ainda que, para as pessoas que não compreendem que isso não é escolha e sim orientação, torna-se uma justificativa pra os agredir.

Essa Ditadura do sexo, Discriminação, Pré-conceito, ou como preferir chamar, vem para tornar a sociedade mais unificada, mesmo que algumas políticas publicas tentem amenizar tamanha
distinção. Tais como a lei que garante pensão para companheiro em caso de morte de servidor público; o DDH (disque defesa homossexual), o qual você liga e denuncia preconceito, abuso, violência.

Lei contra a lei

Existem aquelas que vão de contra o que a própria constituição diz, como é o caso da lei do Beijo aprovada para o município do Rio de Janeiro. “ Essa lei é paradoxa, porque ninguém pode te proibir de beijar em público”, esclareceu Marcelo, completando que a constituição federal prevê pena para descriminação de raça, cor, gênero, sexo e religião. Não existe uma raça soberana no mundo e são exatamente as diferenças que tornam tão atraente a convivência em sociedade.

A Ong que Marcelo fundou existe há 5 anos e atualmente tem cerca de 50 pessoas e é a única ONG homossexual que funciona em Niterói. Além de ser a organizadora da parada gay da cidade.

DDH (disque defesa homossexual):  (21) 3399-1111

Anúncios

Entry filed under: Política. Tags: , , , , , , , , , , .

Morrer ao menos com respeito Alerj cria nesta segunda CPI do TCE Da Redação

8 Comentários Add your own

  • 1. Evio Nobre  |  27 de fevereiro de 2009 às 3:42 pm

    Muito boa sinceramente! me senti como se estivesse naquela época simplesmente demais! muito bom.

    Responder
  • 2. JULIO LUDEMIR  |  27 de fevereiro de 2009 às 11:04 pm

    PARABÉNS, FF

    Responder
  • 3. Priscilla Castro  |  27 de fevereiro de 2009 às 11:26 pm

    Gostei da matéria, primeiro porque gosto do tema e depois a gravura escolida é showww !!!

    Responder
  • 4. Priscilla Castro  |  27 de fevereiro de 2009 às 11:29 pm

    Gostei da matéria, primeiro porque gosto do tema e depois a gravura escolhida é showww !!!

    Responder
  • 5. daniel santos  |  1 de março de 2009 às 1:27 pm

    Eu não tenho nada contra o modo de vida, atitudes, e a orientação sexual alheia. Cada um faz o que quer, desde que esteje dentro da lei. Cada um também pode ter o seu próprio ponto de vista, mas que ninguém condene e discrimine ninguém.

    Boa matéria!

    Qual é o número do DDH ?

    Responder
    • 6. FC Pinheiro  |  1 de março de 2009 às 2:01 pm

      Concordo, nobre colega. Procurarei o numero e mandarei

      Abrços

      Responder
  • 7. danielle  |  1 de março de 2009 às 4:43 pm

    pow gosteiii muito tbm…
    parabens …

    Responder
  • 8. Leticia da Rocha  |  1 de março de 2009 às 5:52 pm

    Esta materia ficou bem estilo Flavia Ferreira, grande mas não apenas isto, com conteúdo.

    Paraben!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

Tópicos recentes

Agenda

fevereiro 2009
S T Q Q S S D
    mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: